Blog

Setembro Amarelo: Precisamos falar de saúde mental nas empresas

Setembro Amarelo: Precisamos falar de saúde mental nas empresas

https://ww2.soc.com.br/2020/09/setembro-amarelo-precisamos-falar-de-saude-mental-nas-empresas/Setembro é um mês de conscientização acerca da prevenção ao suicídio, chamado de “Setembro Amarelo”.

E é essencial que esse tema seja discutido em todos os locais, inclusive nas empresas, em que é possível proporcionar um ambiente mais saudável e acolhedor aos colaboradores.

Por isso, entenda um pouco mais sobre o Setembro Amarelo e como sua empresa pode participar.

Motivação do Setembro Amarelo

O movimento teve início no ano de 2015 e é embasado pela Associação Brasileira de Psiquiatria, o Conselho Federal de Medicina e o Centro de Valorização da Vida.

A motivação é a necessidade de haver campanhas de prevenção, uma vez que todos os dias, segundo a OMS, morrem 32 pessoas por suicídio no Brasil. Já no mundo, há previsão de que ocorra um suicídio a cada 40 segundos, o que é um número muito expressivo.

Diante disso, essas organizações citadas acima decidiram criar a campanha no mês de setembro, pois no dia 10 do mesmo mês, ocorre o dia internacional de combate ao suicídio.

A importância do debate do assunto é enorme, pois ainda existe um grande tabu em relação aos problemas psicológicos. O que faz com que as pessoas não procurem auxílio nem tratamento, resultando na prática do suicídio. Por isso, o início ao debate é tão importante e precisa ser implementado em todos os lugares de convívio social.

Somente com a devida atenção que o tema necessita é possível melhorar os índices existentes e salvar vidas. Para isso, é preciso o apoio de todas as áreas, inclusive o setor empresarial, que emprega milhões de pessoas e possui um papel social muito importante.

O papel social da empresa no Setembro Amarelo

É preciso falar de Setembro Amarelo nas empresas e fazer com que elas zelem pela saúde dos seus colaboradores, tanto física quanto mental, o que inclui criar também maneiras de auxiliar os profissionais. E uma das formas de fazer isso é aderindo à campanha do mês de setembro.

Para tanto, uma série de ações podem ser tomadas, iniciando pela criação de um ambiente saudável e que proporcione auxílio aos colaboradores que estejam passando por momentos de tristeza, depressão e situações emocionais difíceis.

Algumas ações são essenciais para que o Setembro Amarelo seja efetivo dentro da empresa, como:
• Oferecer educação sobre o tema;
• Criar tópicos sobre o Setembro Amarelo;
• Realizar diálogos;
• Demostrar liderança e empatia.

Primeiramente, uma das questões cruciais para que a empresa atue com esse papel tão importante é oferecer educação aos colaboradores. Muitas pessoas sofrem com doenças psíquicas e não tem esse conhecimento, o que dificulta o diagnóstico e a procura por auxílio profissional.

Assim, uma vez que dentro do ambiente empresarial os colaboradores possuem acesso às informações, tomam conhecimento da existência do problema e há como buscar tratamento.

Além disso, trazer o Setembro Amarelo como tópico em palestras e conversas na empresa é essencial. Quando o assunto é falado, se torna muito mais fácil de encontrar soluções e mostrar uma rede de apoio ao colaborador.

Outro ponto importante para que uma empresa consiga atuar na campanha de combate ao suicídio é ter grande aposta no diálogo. O ambiente saudável no trabalho possui ligação com a saúde mental de uma pessoa e para criar esse ambiente, o diálogo é importante.

E isso não pode ficar só no papel, pois é possível implementar estratégias de recursos humanos, a partir do momento em que os gestores ficam em contato com os colaboradores para perceber mudanças e alterações comportamentais, o que pode indicar depressão e outras doenças que podem ser tratadas, evitando pensamentos de suicídio.

Criar uma ligação aberta entre a empresa e o colaborador para que ele sinta que pode se comunicar caso esteja passando por situações que propiciem o suicídio, pode ser o ponto-chave para evitá-lo.

Dentro disso, a empresa pode criar mecanismos de auxílio, como convênios com profissionais da área da psicologia, ou até mesmo encaminhar o colaborador ao profissional quando constatada essa necessidade.

Setembro amarelo: Precisamos falar de saúde mental nas empresas

Outro ponto importante para que as empresas tenham empenho no Setembro Amarelo é a demonstração de empatia na liderança.

Não é saudável para o colaborador quando há um ambiente com liderança, mas sem empatia, o que pode contribuir para situações de agravamento de problemas psicológicos.

Dentro disso, fazer os colaboradores da empresa sentirem que estão em segurança com suas lideranças e que podem obter apoio é indispensável para atuar de forma eficiente nessa causa.

Infelizmente, é comum que ocorra preconceito com essas questões no ambiente de trabalho, mas o líder está ali para evitar que isso ocorra e precisa ter empatia para olhar o colaborador com humanidade e oferecer um canal aberto quando necessário.

É preciso amparar o colaborador quando necessário

O papel das empresas passa sim por questões sociais e elas precisam estar atentas ao que acontece com seus colaboradores. Muitas vezes, o oferecimento de uma base de ajuda pode ser o crucial para evitar que os números de suicídio sejam cada vez maiores, pois cada número significa uma vida perdida.

Mas é importante ter em mente que não é somente em setembro que as empresas precisam atuar para propagarem conhecimento e realizarem ações de combate ao suicídio. É essencial que essa rede aconteça durante o ano todo.

Para que seja eficiente, o colaborador precisa sentir que está amparado e seguro na empresa durante todo o período em que exerce suas atividades, não apenas durante o Setembro Amarelo.

No mês de setembro, as ações se intensificam e a pauta está em maior evidência, mas para que ela seja verdadeira e auxilie diretamente na saúde dos colaboradores, precisa acontecer independente do período do ano.

Assim, a empresa se torna um local que possui preocupação social e com uma visão humanizada dos colaboradores, tornando-se um diferencial.


FONTE: https://ww2.soc.com.br/2020/09/setembro-amarelo-precisamos-falar-de-saude-mental-nas-empresas/

Compartilhe este post:

Postado Por: SOC

SOC